Esporte News Regional
cvcvcv

Outros Esportes
Rali de Bom Jesus: emoção nas pistas e homenagem a Gladston marcam etapa
25/05/2011

O IV Rallye de Bom Jesus do Amparo e 1ª Etapa do Campeonato Mineiro de Rali de Velocidade 2011 levou milhares de pessoas a acompanhar as nove prova especiais desta etapa. Dos nove carros que começaram o rali, apenas cinco terminaram a prova. Ao final, Lúcio Bom Conselho, irmão do navegador Gladston Bom Conselho, que morreu em um acidente aéreo em 2010, recebeu as homenagens do Rallye Clube Minas Gerais, da Federação Mineira de Automobilismo, do Sindicato dos Produtores Rurais de Bom Jesus do Amparo e do Clube do Cavalo de Bom Jesus do Amparo.

A prova teve três especiais. A primeira foi a especial “Campinho” que já é tradicional no rali de Bom Jesus do Amparo, passando pelo Val do Meio, fazenda do Rosário e terminando no Parque de Exposições Tiné Motta.

As duas outras foram inéditas, a especial “Sapé” começava na estrada de Bom Jesus do Amparo/Ipoema, na entrada para a antiga “Destisa” e terminava na Fazenda Cachoeira, no Sapé. A especial “Vaca Mansa” começava na fazenda Rancho Feliz, passava pelo Sete Pratas, pelas fazendas Santa Tereza, Rio São João e Rosário, terminando no Parque de Exposições Tiné Motta.

Na classificação geral a dupla João Paulo Mozelli/Fabrício Romani venceu a prova com o tempo de 01h03’40”, garantindo também o primeiro lugar na Categoria Cls, com um Palio. Silvio Sanino/Paulo Leite ficaram em segundo nesta categoria com o tempo de 1h17’16”, a bordo de um Gol.

Na categoria SpN vitória de Alexandre Quim/Fábio Renno com o tempo de 01h06’06”, que conduziram um Palio. Eles foram os únicos desta categoria a completar a prova, já que Roberta Marinelli/Francis Herrero e Rodrigo Gini/Emerson Pereira, ambos usando um Palio, não completaram por problemas mecânicos.

Já na Cross Country a vitória foi da dupla Antônio Carlos Teixeira/Maitê Nardy, que numa L200 completaram todas as nove especiais em 01h05’00”. Em segundo chegaram Leonardo Lhamas/Glauco Rocha, a bordo de uma L200, com o tempo de 01h14’15”.

Nesta categoria Lucas Teixeira/Arthur Carrão, passaram direto por um mata-burro na especial “Campinho” e só pararam em uma árvore, terminando assim, a participação no rali. Já Anderson Souza/Rodoldo Tomé teve dois pneus de sua S10 estourados, ficando de fora das especiais “Sapé” e “Vaca Mansa.”

Para Ângelo Simão, presidente do Rallye Clube Minas Gerais o rali de Bom Jesus do Amparo avaliou a primeira etapa do campeonato. “O evento foi um sucesso. A presença do público no Clube do Cavalo abrilhantou ainda mais as seis chegadas que aconteceram dentro do Parque de Exposições, que é uma situação única no Campeonato Mineiro de Rallye. Todos os competidores elogiaram muito as estradas escolhidas e a acolhida do público que esteve presente durante todo o dia”, avaliou.

Na premiação o prefeito Pedro dos Santos Moreira (PSC) agradeceu a colaboração do Clube do Cavalo e do Sindicato dos Produtores Rurais. “Quero agradecer o Clube do Cavalo e o Sindicato dos Produtores por ter cedido o espaço e espero que a cidade faça parte do calendário do campeonato mineiro de rali nos próximos anos”.

Bom Jesus do Amparo havia sediado uma etapa do Campeonato Mineiro de Rali pela última vez em 2004. Foram sete anos de espera até o retorno da competição, que aconteceu este ano para homenagear Gladston Bom Conselho, morto em 2010, que como navegador foi campeão Brasileiro na categoria N2, em 2001, ao lado do seu irmão, o piloto Glayson Bom Conselho.

Texto - Eduardo Motta

 


fgcom

E-mail: contato@esportenewsregional.com.br - Acesso ao e-mail
Parceria e anúncio em nosso site clique aqui.

Esporte News Regional 2011 - Cobertura esportiva em geral!
Todos os Direitos Reservados.
Parceiros:
parceiro
Site Ouro!